segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Tempo


Sinto o tempo a fugir e não consigo pará-lo!

2 comentários:

  1. É algo inevitável, mas, ainda assim, difícil de aceitar

    ResponderEliminar
  2. O tempo é como os grãos de areia que nos escorrem por entre os dedos...é terrível.

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua visita :)