domingo, 22 de novembro de 2015

Pinto o meu coração de ti e o teu de mim (completo)


Às vezes, só precisamos de um assunto para escrever... Outras de um abraço e outras de alguém que nos parta o coração. Já não sei o que foi feito de ti. Aquele teu sorriso constante que iluminava a tua presença está a desaparecer, aos poucos, sem mesmo tu te aperceberes. Essa alegria de viver que antes perseguias e distribuías por quem estava à tua volta está a apagar-se e a deixar-se morrer para dar lugar a um estado quase apático, de ti invulgar, diria eu quase impossível há meses atrás. Tornaste no passado a tua presença de tal maneira inconfundível que esta quase repentina morte interior te deixou cada vez mais distante, mais triste, mais só! E nós, sem sabermos o que fazer para te trazer de volta. Nós, sem sabermos o que/quem te levou o sorriso! Quando é que te perdeste? Quando é que abandonaste esse teu coração rosado, por aí, ao vento? Volta, por favor! Volta! Pinto o meu coração de ti e o teu de mim para tentar trazer-te de volta. Talvez assim te consiga devolver toda a cor que me deste! Talvez assim relembres a cor que tinhas e todas as outras que criaste para nós!

1 comentário:

Obrigada pela tua visita :)