terça-feira, 9 de junho de 2015

Tempo


O tempo não existe para mim.
Eu queria estar com os teus olhos, a dançar com eles no horizonte e a contar estrelas em noites quentes de Verão.
Sinto falta de alguém como tu. De alguém que me ensinava e que me conhecia melhor do que eu.

1 comentário:

Obrigada pela tua visita :)