segunda-feira, 25 de maio de 2015

Sou feita de carne, não de ferro!



Sou feita de carne, não de ferro...
Lamento, mas ainda não consigo esconder as minhas lágrimas de mim própria com a mesma facilidade que as disfarço com um sorriso para o mundo!
Ser feliz no mundo é muito mais fácil do que ser feliz em mim.
O mundo precisa mais de sorrisos agora do que nunca e por isso é tão mais fácil ser-lhe alegre. É tão mais fácil rir com os que nos fazem felizes. É tão mais fácil fazer rir quem amamos.
As nossas tristezas são a coisinha mais pequenina quando olhamos para os olhos brilhantes de alguém que nos vê e nos sorri... impossível é não conseguir retribuir esse sorriso que nos pinta o dia e muitas vezes nos faz pensar que afinal valeu a pena levantar os pés da cama.
O dia está repleto de pessoas fantásticas que dão vontade de continuar e de dizer «Amanhã»!
A noite está cheia de memórias, pensamentos e suposições que insistem em atormentar.
O dia quase que não dói. O que magoa é a noite!

2 comentários:

  1. Por isso é que com os outros conseguimos ser sempre otimistas. É quando estamos a sós connosco que sentimos todas as dores que colocamos em pausa.

    ResponderEliminar
  2. r: Pois é! E depois parece que não conseguimos desligar, porque equacionamos infinitas hipóteses

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua visita :)