terça-feira, 17 de junho de 2014

Precisamos...


A capacidade para ver o mundo com outros olhos está a esvaecer por entre as «brumas de uma memória» que parece apagada também. Há falta de vontade de continuar, por algum motivo. Há, em casos mais graves, falta de vontade de começar. E é isto que me assusta! 
Como pode um povo sobreviver sem cultura? 
Como pode um povo viver sem valorizar aquele que dá conteúdo, em matéria e em sonho, ao Amanhã? 

Eu acho que NÃO pode.

É verdade que é o professor que ensina o aluno a pensar e, mais importante, a valorizar o saber pensar!
Mas também é verdade que o professor, sozinho, sem auxílio da vontade do aluno e com acréscimo das desvantagens diárias desgastantes que o rodeiam atualmente não consegue fazer o seu trabalho, ou, se consegue, com menor rendimento do que o dito «normal».
Precisamos de professores que nos incentivem, mas também precisamos de alunos que deem aos professores vontade de continuar.
Sabemos nós que os professores são heróis, não deuses e, por isso, capazes de grandes feitos, não de milagres.
Pergunto então porque é que esta profissão está a ser cada vez mais desprezada, se é com ela que se fazem mundos...

1 comentário:

  1. Olá, Carolina,
    A sociedade tem dois pilares indispensáveis, a Saúde e a Educação, e enquanto todos não reconhecerem e valorizarem esta realidade, viveremos num mundo com cada vez mais pessoas infelizes, carentes e perdidas.
    Agradeço as tuas palavras sempre simpáticas a favor dos professores. Apesar das dificuldades, há ainda um bom número de alunos que quer aprender (com os quais os professores também aprendem!) e que tornam esta profissão gratificante e única.
    Beijinhos, da professora e amiga, Ana

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua visita :)