sexta-feira, 30 de maio de 2014

Dóis-me

Num jardim magnífico - Mafra
(Fotografia tirada pela minha mãe. Por favor, não a utilizar sem autorização prévia.)
É qualquer coisa que dói. Não sei o que é nem o porquê, mas sei que me mata todos os dias.
Ontem morri.
Hoje morri.
Amanhã hei de voltar a morrer.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua visita :)